@

Rala o coco@Rala o coco@Rala o coco@Catarina

Rala o coco

Catarina

Pra fazer cocada

Catarina

Pra fazer cuscus

Catarina

Pra fazer manja

Catarina

 

A

Grauna grauna onde vai voce

Negro grauna onde vai voce

 

B

Aprenda a jogar@io io

Aprenda a jogar  ia ia

Aprenda a valorizar

A arte do seu lugar

 

T

Capoeira nasceu aqui

No mundo se espalhou

A luta do negro e o Indio

Que eram sofredor

 

 

U

Hoje olhei pro ceu

Pedi nosso senhor

Mostrar pro povo da terra

Que a Capoeira tem valor

 

Autor:Mestre Decio

 

 

CCapoeira e beleza

T

Capoeira nao sai da minha cabeca

Capoeira nao sai do coracao

Capoeira quem joga e mandinguero

Capoeira e jogo de irmao

 

(coro)

Capoeira e beleza

Capoeira e tradicao

Capoeira tem fundamento

Capoeira e vibracao

 

U

Capoeira nasceu foi nos quilombos

e no sofrimento da senzala

o nego cantava a ladainha

enquanto o cana cortada

 

V

Na roda de Capoeira

Pode se matar ou morrer

Mas tambem se joga limpo

Que e bonito de se ver

 

 

W

Para ser bom Capoeira

Nao basta ter apitidao

Tem que se jogar com a alma

e cantar com o coracao

 

 

D

Deixa um gunga falar

Deixa um gunga dizer

Capoeira malandro

Ele e sinha voce

 

Deixa um gunga falar

 

T

O gunga ta falando

Voce tem que escutar

Capoeira que ouvi

Aprendi ja jogar

 

U

La la la la la la

Le le le le le le

La la la la la la

La la la la la la

Le le le le le le

(Autora:Pr Cantora)

 

EArte de Capoeira

 

Venha jogar capoeira

Venha que eu vou lhe ensinar

E cultura brasileira

Nossa arte poupular

 

T

Respeito muito Angola

Sao bento imej chamou pra jogar

Eu levo a vida cantando

Jogando por onde eu passer

 

U

Tem muito Mestres que se foram

e outros que aqui estao

Valorizando a Capoeira

A luta da nossa nacao

 

Autor:Mestre Decio

 

 

FBraco de cobra

 

Braco de cobra

Nao pode botar a mao

 

Esse cobra e venenosa

Nao pode botar a mao

O veneno dessa cobra

Bota o cabra no chao

Em cobra perigosa

Nao pode botar a mao